O episódio desta semana de Agents of S.H.I.E.L.D deixa um pouco de lado a mitologia construída na própria série e nos filmes da Marvel para nos mostrar as mudança e emoções de Skye e May. Intitulado Melinda, o capítulo brinca com a linha do tempo, intercalando passado e presente com ótimo ritmo.

A garota Inumana que é morta pela agente Melinda May

A garota Inumana que é morta pela agente Melinda May

Ainda que fique a vontade de notar já alguma ligação com Vingadores: Era de Ultron – que ainda não apareceu -, foi bom ver a operação da S.H.I.E.L.D no Bahrein, ocorrida há 7 anos. Ela explica a personalidade de May, que tomou a decisão de matar uma garota Inumana (imagem), na ocasião, para salvar sua própria vida e de vários outros agentes.

A cena da morte da garota Inumana é boa e tem peso dramático. Faz entender o jeito frio de May e a dificuldade que ela tem de se envolver. Depois do Bahrein, a culpa destruiu tudo, acabou com seu casamento e fez com que ela desejasse passar o resto de sua carreira atrás de uma mesa de escritório. Melinda acredita que falhou ao não salvar a garota.  No fim só sobrou o apelido de “A Cavalaria”. Até Coulson aparecer e fazê-la voltar, como vimos no início de Agents of S.H.I.E.L.D.

No presente, as ações ficam concentradas em Skye e seu treinamento com Jiaying na cidade dos Inumanos. Contrariando as expectativas de que a chinesa imortal demoraria revelar ser a mãe de Skye, isso acontece já nesse episódio, sem enrolação muito menos anestesia.

Ainda existe uma aura de mistério cercando Jiaying, mas foi bom Agents of S.H.I.E.L.D acabar com a agonia de Skye logo. Pronto, ela já sabe quem são seus pais. Sinal que existem coisas mais importantes para acontecer até o final da temporada.

Mesmo que mostrados por pouco tempo, a série não esqueceu os superpoderes e mostrou que Skye está

Skye continua treinando na cidade dos Inumanos

Skye continua treinando na cidade dos Inumanos

aprendendo a controlar seu dom, e Raina pode ter a capacidade de ver o futuro. O real poder da vilã após o contato com a Terrigen Mists permanece um mistério, porém, uma boa pista no final do episódio leva a crer que ela tem o dom de prever acontecimentos.

Os ganchos para os próximos episódios são muito interessantes. A equipe da S.H.I.E.L.D comandada por Gonzales continua investigando as atividades de Coulson, que continua em fuga, acompanhado pelo agente Lance Hunter.

Como resultado dessa investigação surge o Protocolo Theta, e alguém pergunta o que Coulson faria com cem beliches. Essa afirmação me lembrou novamente a saga Guerra Civil. Me pergunto se Coulson não está sendo manipulado por Nick Fury ou até mesmo Tony Stark, e esse cem beliches já não estão encomendados para uma iniciativa de heróis registrados. Vamos ver. 😉

Um detalhe interessante desse episódio foi Skye lembrar de sua infância no orfanato Saint Agnes, o mesmo onde Matt Murdock, o Demolidor, também esteve quando criança. Apenas mais um presente da Marvel aos fãs atentos.